quinta-feira, 29 de abril de 2010

sinfonia de luz e explosão













um recanto numa colina da ilha
ao dia banhado de sol a noite
ao brilho da lua e regado a luz do farol
meu madrigal refúgio de paz infinita...
ontem os deuses fizeram-se presentes
numa sinfonia de luzes e explosões
a primeira vista assustadores
fato de tremer o chão de estremecer estruturas
depois foi aguardar cada detonação sequenciada
para distinguir as nuances dos acordes e seus tons
em meio aos flashes encandescentes de luz natural...

ontem me senti como diz a canção
-meu coração é uma bomba de amor
meu coração tem mísseis apontados-

“não sei se me explico bem...”
qualquer duvida perguntem a sra lu...

rsrsrssrsrsrssrs...

0 comentários:

Postar um comentário