sexta-feira, 20 de agosto de 2010

caranguejo

olha a manga no pé
olha o pé no mangue
caranguejo chama maré
caraguejo tem medo do homem

tem canbada tem, camba dai, camba de lá

cambada se esconde, cambada se come
e a cidade cresce em cima do mangue
o homem sobrevive mergulhado na lama
caranguejo meu desejo quando te vejo
o homem sobrevive mergulhado na lama

há fome no prato, há cara pro beijo

há força na garra, caranguejo

oh! cidadezinha, oh! cidadela

cidade minha cidade dela

oh! cidadezinha, oh! cidadela

cidade linda, linda ilha bela!

2 comentários:

Guilherme disse...

Ei pai, que baita injustiça comigo, comedor de caranguejos, publicar esse texto sabendo que eu tô longe e que aqui não tem caranguejo hahaha

Essa poesia já foi musicada? Consigo imaginar, ela ficaria muito show com música!

Bjão, saudades.
Guilherme

PollyLobo disse...

Imaginei cantada por Chico Science, ficaria perfeito...

Postar um comentário