segunda-feira, 18 de outubro de 2010

meninas de lá

a vida se faz nas esquinas
pras meninas de lá
projetos de sonhos futuros não há
vestidas em saias tão curtas
elas vão debutar nas esquinas
que pena que dá
das pobres meninas de lá
deus ajuda a quem cedo madruga
já diz o bom dito popular
mas as pequenas meninas
nem tem direito a amar
eu vou rezar para o deus
que protege as esquinas
em nome das pobres meninas de lá

1 comentários:

Suzana Martins disse...

Meu tão amigo e poeta Arrumador de Palavras, que lindo te ler sempre por aqui!!

A sua arte, poesia e palavras escrevem a realidade que infelizmente bate sempre a nossa porta.

Sonhos destruídos, meninas que crescem e se afundam... Problemas sociais tão bem tratados e escritos.

Precisamos mudar essa realidade!!

Parabéns pelos versos!!

Beijos meu tão amigo!!!

Postar um comentário