segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

teorias do além


sigo por mãos a tecer arte
não sei explicar os manuais
então vôo em meus cantos
minhas teorias são do além
doutores no mais das vezes
se escondem por longas filas
das tristes e gélidas ante-salas
nunca fui das esperas
sou parte sou fundamento
fragmento de coisa nenhuma
esparramado solto no ar
numa eterna construção
do tudo e do nada

2 comentários:

Suzana Martins disse...

Em silêncio admirando as suas palavras...

Meu tão amigo, tenha um lindo e maravilhoso natal!!!^^

Beijos

margoh werneck disse...

Que lindo!

estou te seguindo.

abraço e feliz ano bom!

Postar um comentário