segunda-feira, 13 de junho de 2011

camisa da força


salve os loucos líricos e poéticos
a eles o dom natural da imortalidade
aos implacáveis castradores de sonhos
travestidos pela honra da glória forjada
aos impiedosos dilaceradores de almas
afiliados filhotes da seita quantitativa
a estes resta no fim de suas estadas
o branco abraço uniforme dos fracos

0 comentários:

Postar um comentário