sexta-feira, 29 de junho de 2012

capinalista


das amarras de bocas nos cabrestos dos pobres jumentos
ao centro do acento lateral no circunflexo do tal enjoado
tudo soa como um bando funk da lata do crivo medonho
que mãe mangueira de certo sua sombra não emprestaria
tem sempre uma onda pintada de piratas caretas novinhos
pairando pela antena na pedra do pecado capital vitalício
cadê a flecha perdida na social floresta de sir robin hood
e as dos bravos índios que nem livraram nosso velho tião
aaah minha avozinha! acerta sua mandinga no armarinho
quiçá seus orixás possam nos livrar dessa erva daninha
para que não brote tão cedo mais um novo capim-na-lista

0 comentários:

Postar um comentário