quarta-feira, 21 de novembro de 2012

medíocre XI



toda mediocridade será conduzida ao curral das valas
juntamente com os seus distintos energúmenos enfileirados
o covil-mor das arrogâncias é o digno antro-centro
de todos os sanguessugas em fim de carreira
somente os auto falantes e antenas das milícias cortesãs
lhes serviram de pronto apito por cartas marcadas
os ratos seguem tanto os seus “ar-mandos” ou seus “ar-naldos”
regurgitando teses sobre as regras do seu jogo obscuro
para o cesar medíocre toda clara é baba nos ovos sem gema
na sua “próstratante” tentativa de lesar o navegador além mar
aaah minha avozinha! tomara que o amarelo cordel do cabaré
não colha os “ca-louros” ou “co-lírios” verdinhos dos campos
ainda que no cardápio haja todo tipo de p, m, g rubro enrustido 
que a mágica do varão-da-dor do desmembrado “a não” palavrão
possa esporo-traquear a lebre lesadora, o coelho “alesado”
e toda essa travestida e engomada rede “a gleba” de cartolagem

0 comentários:

Postar um comentário