sexta-feira, 1 de março de 2013

mediocrezinho II


no solo da mediocridade brota chumaços de macaxeira
assim como serve de pasto para boizinhos sazonais
dando de quebra motes de sanguessugas encabrestados
se carroça fosse que nem a copiada guitarra baiana
jumento seria celebridade franco-brasileira
aaah minha avozinha! essa praxe cordial é que mata
os pobrezinhos enquadrados pela imposição
do consumismo arrobustado  da casta de babões
se é pra dar com pau nos pebas francisquinhos
que a justiça ingrata dê de chibata nos anões chiquinhos
e agua bebida pra lavar a bosta das musiquinhas
medíocre por medíocre é tudo uma questão de difusão
já a disfunção ereto encefalograma é no cabo da brocha
que vive a arrotar como asno som sem coordenada
feito merda que há muito só dá no quilo certo
e merda boia meus camaradas
por que a câmara nunca afunda...
seja de bunda brasil ou bundão de frança

0 comentários:

Postar um comentário