segunda-feira, 12 de abril de 2010

guanabara



nascemos na baia
no mar da guanabara
feito sol e lua
ouro refeito prata
novelo nu novilha
tarde noite é dia
da gente se encontrar
sorrir até chorar
feito sol e chuva
fogo desfeito em água
eu vi você partir nas asas das borboletas
e fiquei arando o mar
até você voltar na primavera

1 comentários:

Suzana Martins disse...

É a saudade pulsando no coração, esperando as noites que se acumularam no verão... O mar que desliza entre olhares, a chuva atravessa entre mares... São sentimentos que transbordam em estações, que chegam de mansinho em nossos corações!!

"eu vi você partir nas asas das borboletas
e fiquei arando o mar
até você voltar na primavera"
(Luis Lima)

Luis, tu é um poeta e tanto... Me emociono demais com suas letras!!

Abraços

Postar um comentário