segunda-feira, 14 de março de 2011

ar


“ar te dôo na arte do ar”

3 comentários:

Sandra Cajado disse...

E na Arte de respirar eu retomo o meu fôlego tecido pelo pulmão...ora ofegante...ora calmo.

Mas sempre no mesmo sentido com cores variadas!

Parabéns,grande Poeta!

Sem dúvida neste dia tão especial que é o Dia Nacional da Poesia,temos como exemplo e fontes de inspirações suas palavras tão bem arrumadas pela sua brilhante mente de giração!

Um salve,Mestre!

Um abraço!

Suzana Martins disse...

Ar de cantar e poetar ao lado do grande Amigo Arrumador de Palavras

Guilherme disse...

Lindas palavras, numa leveza de sons e riqueza de interpretações, de leituras.
Beijão!

Postar um comentário