quarta-feira, 8 de junho de 2011

acerca


se tivesse que escolher poetas
de certo eu ia preferir os mais simples
aqueles que fazem poesias a cerca de nada
beira de mato, ribeira do rio, musgo, limo de pedra
tudo descoberto de tudo a tempo
por todo canto do todo alcance

0 comentários:

Postar um comentário