sexta-feira, 10 de junho de 2011

telhado


no tempo de menino fiz jus ao direito de fazer arte
aprendi nos descompassos todas as áreas
traquinogeométricas dos trapézios das janelas
da minha coleção de bolinhas de gude
onde nunca fui um grande jogador
me restaram as três que eu engoli
nas minhas trapaças deixei para as traças
todos os meus álbuns de figurinhas
dentre tudo isso um dos meus maiores feitos
foi ter me tornado um íntimo amigo dos telhados
nem me lembro mais quantas horas gastei
com minhas conversas em torno do mundo do nada
que nada tenho a dizer, nem em completo sigilo...

0 comentários:

Postar um comentário